29 de outubro de 2010

Amigos leitores e seguidores, estou fechando esse Nosso Blog.
Sabe, o que deveria ser "nosso" acabou só sendo meu mesmo, da Daidy.
Quem sabe em outra oportunidade dará certo!
Meu carinho a todos.
Daidy.

22 de outubro de 2010

Belas imagens da Letônia


video

20 de outubro de 2010

Varre, varre, vassourinha...!
Daidy Peterlevitz
Nasci, cresci, fiquei idiota, me casei. Não me arrependo de nada! Faria tudo, de novo!É a mardita da vida e só me irei longe dela, com protestos.Eu gosto muito de limpeza.E de viajar. Só por perto. E venha comigo numa rápida e imaginária viagem. Poços de Caldas..O hotel – Nossa Senhora de Fátima – não é chique, mas central e perto dos bondinhos que sobem ao Cristo. Levanto-me, sempre, ao clarear do dia , o porteiro do hotel já conhece essa idosa matutina e caminhante. É uma delícia passear pelas ruas limpas, sempre muito limpas e converso com os garis. Um deles é bem idoso, cabelos brancos, sorriso fácil na face enrugada, olhos limpos e brilhantes, é feliz no ajudar àquela cidade próspera em ser impecável, aos turistas , na limpeza das vias públicas..Dou parabéns a ele e aos outros. Todos estão de uniforme, de luvas e de botas.Uma beleza. Também na minha querida Nova Odessa, a limpeza pública é permanente. Em todos os bairros os garis promovem a remoção da sujeira. Trabalham felizes, nessa atividade que parece simples, mas que é demais importante, um auxílio à Medicina. Pense nisso. Na minha também querida Americana, grande, possante, a limpeza pública se faz em todos, repito, em todos os bairros. A “Princesa Tecelã” é muito limpa. Estudei lá , tenho saudades e gostaria de pedir à historiadora Fanny Olivieri, minha colega, de enviar meu abraço carinhoso a toda a nossa turma..Tenho até saudades dos tombos que levei, no campo do Imã. Lá não quebrei nada, mas, se cair agora, já de idade, fica complicado. Parece que sou de vidro!
Bem, já é hora de voltar à cabana minha, muito verde (votei na Marina) e...caspita, quanta sujeira encontro!! Nem se pode viajar um pouco!...Então pego a vassoura e...
- Um momento! A sra. acabou de chegar de viagem e já pretende sobrevoar São Carlos, montada numa vassoura?
- ...hum... bem...vou fingir que não entendi a insinuação. Pego a vassoura e varro a sarjeta e a rua, em frente à cabana verde.Todos fazem isso, aqui, no Parque do Kartódromo, porque não há garis. É que já estou pensando que São Carlos é candidata a ser subsede dos jogos da Copa, Tudo terá que estar bem limpo! Sabe, queridos leitores, sou uma pessoa boa, bem longe da maldade, como alguns pensam.
Queria fazer-lhes uma pergunta:, sobre o horário de verão, que é para economizar energia. Aí eu não entendo nada ! temos ventos de sobra (enegia eólica), temos sol de sobra (energia solar) e temos rios, muitos rios para a energia elétrica. . Quem falhou nisso tudo nem quero saber! O jeito é se acostumar com o novo horário, até o dia 20 de fevereiro.. Na verdade, não gosto desse horário e, para felicidade dos meus leitores, ando meio que preguiçosa e escrevendo mais curto.
Gostaria de registrar um meu grande agradecimento, ao vice prefeito de São Carlos, Sr. Emerson Leal, dr. em Física Atômica e dr. em Física Nuclear. Pessoa importante, caspita! Meu muito obrigada, dr. Emerson Leal, fique sabendo que o Sr. lê meus textos. Ab imo pectore, muito obrigada.
dypeterlevitz@hotmail.com

14 de outubro de 2010

E viva! Uma calopsita de companhia! E os “nem tchum”.

Já já, a calopsita, depois de algumas considerações.Votei num dr. daqui, três vezes.Duas a prefeito, uma a federal..Foi eleito, é petista e...infelizmente, já começou a falar mal do Serra.Ele recebeu votos também da região de Americana e de Campinas..Eu não votei no Serra, portanto,falo como cidadã que usa do direito de opinar, apesar da obsessão do ministro das comunicações, do Lula (e da Dilma), Franklin Martins, em calar a imprensa livre. Que tiranete! O tal do dr. escreveu que o Serra é inimigo de S.Carlos. e um outro, muito estudado, não eleito, escreveu que o Serra não cumpriu as promessas. Ora, meus dois queridos, isso é conversa “afiada”, com destino certo! Argumento e não só aos dois. O povo está mais que careca em saber que os eleitos jamais podem cumprir todas as promessas de campanha. Ao primeiro, lembro que o Serra teria sido eleito, em S.Carlos, já no primeiro turno...hum, parece que os são-carlenses gostam dessa suposta inimizade. Ao segundo, dr. Emerson Leal, sou merreca perto do Sr., em altos estudos, mas, de povo, eu entendo e lhe argumento sobre o não cumprimento de promessas
.EDUCAÇÃO é um termo eterno, antes; depois de eleitos não, todos sabem. Sou prova viva disso. Todos amam as crianças, as acariciam, antes, depois não. Elas não votam. Tenho qualificação de professora, desde a pre´-escola, até o colegial (Matemática e Física) e, depois de aposentada, tentando devolver ao Estado a excelência de escolas que tive, estudei muito e, de mão beijada, minha simples técnica em levar o bebê ~e os das creches, a, lerem, sem a presença de qualquer especialista., levei tudo à então secretária de Educação, do dr. Newton, a Geria.. NEM TCHUM! Sempre esperançosa, fiz e-mail ao dr. Barba, atual prefeito petista, em quem votei. E...NEM TCHUM!
Uma falácia o amor às crianças e á educação...esses pequenos não votam! Agora, os candidatos amam, também aos velhinhos, os aposentados, antes. Também sou prova disso. Logo cedinho, quase que ainda no escuro, muitos idosos caminham na ala externa do Kartódro (800m cada volta), alguns de bengala. O atual e o ex-prefeito logo conhecerão as limitações que a idade impõe, porque já não são jovens. O equilíbrio diminui e os olhos, que antes tinham o ângulo de visão de 180°,têm essa lateralidade sumindo! Então, apenas o descer ou subir um degrau, com ou sem bengala, pode ser um tombo feio! Em nome nosso, já pedi, por duas vezes, que 12 merrecas de metros de calçada fossem completados e... NEM TCHUM!!
È só para reflexão e, principalmente, a quem pretende ser governador do Estado e vive granjeando a antipatia de quem votou no Serra. Cosa feia, dr.!
Vamos à calopsita:
A Calopsita é muito inteligente, sociável e isto faz deste pássaro, um excelente animal de estimação., de companhia, fácil de criar, fácil de aprender, canta e até fala. Fica uma paixão!! A avezita de um amigo, macho, canta o hino do Corinthians! um prazer e alegria ter essas criaturinhas adoráveis!! Tenho um longo texto sobre a calopsita, a que pretendo voltar, num dia destes,depois de receber, da Carmen, a avezita, porque me acaba de ocorrer uma idéia, que vai ajudar o Lulinha. Paz e amor. Presentear a candidata dele com várias calopsitas, porque ela ficou chateadinha, de olhar duro, com o primeiro desagrado em não vencer no primeiro turno.O Lulinha faz de tudo para que ela fique animada, otimista, mas, até o debate de domingo, não deu certo, ela saiu, casmurra,olhar duro, sem falar com ninguém! Se isso continuar, no after, no depois...hum...fará pensar se não vale mesmo é botar lá um homem bem animado..
Lula, calopsitas nela, ainda dá tempo! Com meus respeitos a todos, um abraço, lembrado que meu povo não é, sempre, otário!.
daidypeterlevitz@hotmail.com

5 de outubro de 2010

Devo registrar Agora é que a porca torce o rabo!
Daidy Peterlevitz

Ou que a vaca vai pro brejo! Quem diria, não é, que a magrinha Marina colocaria a toda poderosa Dilma, em saia justa e ao Lula, de calça curta! Os reis estão nus! No domingo à noite, todos viram o velório que foi o ambiente na fala da Dilma. A decepção estava na cara dela e seu vice, do PMDB, Michel Temer, tinha a expressão de um frustrado agente funerário. O sempre falante (demais), o soberbo pai dos pobres e inventor do Brasil, Lula... calado, calado. Com 80% de aprovação popular, o chefão não gosta de contrariedades e, com todo o circo que ele promoveu, na propaganda chamada gratuita, nem chegou perto do Tiririca! Sabe, eu assisti a todas as propagandas e devo confessar, era o Lula em tudo, ficou cansativo. Ele bajulou tanto o Aloysio Mercadante agora, mas. . . nunca confiou ao moço bonito de bigode vassoura, sequer um ministério. . Mas, a bajulação valeu e teria dado o segundo turno, se o Alkmin não fosse tão apreciado. Em corrida de cavalo se diz que “deu no olho mecânico”Eu sei disso porque meu padrasto Richards Balkans tinha um cavalo de corrida, o Gandula e, fedelha então, ia assistir às corridas e gostava de ver aqueles animais musculosos levando às costas um jóquei raquítico. Voltemos ao assunto. Sério... O Serra esteve em cima, nas pesquisas e a oposição dormiu, confiando no fato de a Dilma ser uma desconhecida, candidata fabricada. Errou a oposição, porque, há tempos, o Lulinha a levava por todo o Brasil. Depois o Serra foi caindo, a Dilma subiu muito, até os 53% da preferência popular. E, lógico, seria eleita já no primeiro turno, mas, nesse zoológico, entre a porca que torce o rabo e a vaca que vai pro brejo, deu zebra! Com os antigos casos de corrupção, tipo mensalão e os modernos, quebra de sigilo, caso Erenice, todos denunciados pela mídia, o Lulinha passou a atacar os meios de comunicação e foi muito infeliz. Há mais de um ano que o carrapato do poder, José Sarney calou o jornal Estadão, proibido que foi em contar as falcatruas do filhote, Fernando Sarney. Eita família possante! O povo demora, mas vai aprendendo! E percebeu que as tentativas em calar a boca da imprensa é o começo de uma ditadura e, valha-nos Deus, ninguém quer mais uma!
Devo registrar a incompetência que vi, nos órgãos de pesquisa, tipo Ibope, Data Folha e adjacentes... Pesquisa séria deve abranger todas as possibilidades. Analisei a todas, lhes juro, e notei uma grande falha. Em nenhuma delas, aparecia a possibilidade de a Marina magrinha estar no segundo turno, enfrentado o Serra ou a Dilma. . A magrinha Marina foi posta de lado, uma injustiça! Ela é ética e fiel em seu programa de visão longa, ao Brasil lá da frente. Ficou possante, ao retirar da Dilma, o sucesso em primeiro turno! É a noiva mais cobiçada do momento histórico.
A Marina é de coletividade, não impõe nada, como o Lula o faz! Vai resolver a quem apoiar, depois de consultas, faz muito bem. Enquanto isso, o Serra e a Dilma ficam tremendo! A História se repete, o pequeno David matando o Golias, com apenas uma pedra! A ética na política. . Espero que a Marina não se esqueça de que foi despedida pelo Lula, encantado que estava com aquele tal de Ünger, com sotaque de estrangeiro. Aguardemos. Quanto ao Tiririca, se for empossado, sem as roupas vistosas, não será ninguém, lá. no Senado e, vestindo terno e gravata, também não será ninguém aqui fora. Meus pêsames, Sr. Palhaço, meu povo querido está aprendendo a não ser isso, cáspita!
daidypeterlevitz@hotmail.com

4 de outubro de 2010

Florentina...Florentina...!
Pior do que tá não fica!...ora, Tiririca, já ficou, viu?


Lógico que sua candidatura foi encomendada para "arrastar" junto alguns desconhecidos... e lhe deram um número bem fácil, 2222, é ou não é, já que o povão está mesmo a fim de pão e de circo.
Sabe, sr. Tiririca, sempre respeitei a sua profissão, que é a de fazer rirem as pessoas, de as tornarem mais alegres e felizes! Na maior parte das vezes, encontramos pessoas que acabam nos trazendo tristezas, problemas, alguns são sérios, outros apenas recalques...de pessoas amadas!
Agora, sr. Tiririca, o sr. não poderá mais alegrar ninguém, com suas roupas bizarras, terá que usar terno e gravata, lá em Brasília, já que foi eleito com mais de um milhão e trezentos mil votos e...ninguém mais, nem lá dentro e nem aqui fora, o reconhecerá, creia-me!
Sua sepultura o sr. mesmo a cavou, que pena!
E não foi só isso que ficou pior, não! Deu tudo errado, no PT do Lula e adjacências. A Dilma, produzida, apenas um produto de marketing, nem chegou perto de vencer no primeiro turno, conforme indicavam as pesquisas que, nem sempre, são idôneas! Também em S.Paulo, para governar o Estado mais rico e producente do país, o Lulinha paz e amor botou todo o charme popular e a parlapatice, em prol do Aloysio Marcadante, mas...o Alkmin venceu, em primeiro turno!
Houve outros estragos, sabe, nos Estados, mas fiquemos por aqui.
De uma certa forma, todos os brasileiros têm sido uma certa espécie de palhaço, devido à história dos poderosos que estiveram e que pretendem ficar no poder!
O povo bom, os honestos, de vez em quando encontram uma chance de serem liderados por pessoa de bem, simples, humilde, séria. É a nossa Marina, que a todos respeita e que fez a diferença em nova forma de votar, o modo sério!
Meus pêsames, sr. Tiririca!

Sou a Daidy.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
São Carlos, São Paulo, Brazil
Daidy Peterlevitz é aposentada, com qualificação para lecionar desde a pré-escola ao Colegial (Matemática e Física).Tem trabalhos publicados na Antologia “A Pena e a Lua”, da APEBS - Associação dos poetas e escritores da Baixada Santista.É autora dos livros As Duas Faces da Mesma Moeda e Quatro Bruxas no Elevador, lançado na Bienal do Livro, em S.Paulo. É autora do projeto DEMBLI, que facilita a circulação de livros, em escolas sem bibliotecárias. Trabalha em seu projeto no qual afirma que o bebê pode e deve aprender a ler. Também fez parte do antigo "SEROP" que funcionava no G.E Oswaldo Cruz, em São Paulo, sob a direção do sr.Jocelyn Pontes Gestal. Era orientadora de Ciências. O grupo, estudava a filosofia e a pedagogia de mestres, preparava apostilas, ia à inúmeras escolas, em S.Paulo e arredores, levando orientação diretamente aos professores ou,se distante como Sta. Izabel, aos diretores, que as passavam aos professores. Atualmente, escreve para seis jornais e, a todos agradece pelo espaço cedido.