30 de novembro de 2009

Oração dos Idosos.

Sou a Daidy e, muitos, muitos anos atrás, lembro-me de ter redigido uma “Oração da Pátria”, para um 7 de Setembro, em Nova Odessa., naqueles difíceis anos de transição entre o arbítrio e a tentativa da Democracia, ainda incompleta, hoje.
Minha Oração da Pátria ...lembrava os dramas todos e nomeava os “Girassóis da Rússia”, transformado em filme. Com Sofia Loren.
Mas...sabe, naquela época, havia armas aqui e ali, a se apontarem todas, de forma geral. Eram os finais das guerras...
Guerras ainda inconclusas!
Porém, jamais vi ou soube, durante essas guerras todas, de tanta violência contra os incapazes IDOSOS! Todos sabem disso e resolvi redigir este texto:


ORAÇÃO DOS IDOSOS.

...me perdoe, filho, se ando bem devagar...quando já fui apressada! O corpo fica mais cheio, o metabolismo é outro...idosos ficam pesados!
Me perdoe se me esqueço das palavras certas! Ri muito, quando minha mãe me disse: gostaria de um sanduíche de “quejunto e preijo”! Não ria, acontecerá com você!
Me perdoe se a memória falha...”vi o jogo todo do Corinthians e...o Reinaldo fenômeno marcou os dois gols!
Me perdoe se o lindo tapete da sua casa me enseja convite a mais um tombo!
Me perdoe se, ao comer em sua mesa, minhas trêmulas mãos derrubem comida na mesa ou no chão!
Eu achava lindo quando você fazia isso, quando neném!
Não se irrite comigo! Tenho procurado fazer o melhor posso!
Entenda-me, quando eu , sem o perceber, fico vagando pela noite, em sua linda casa, em busca do banheiro! dou trombada e...derrubo algumas coisas! precisava fazer xixi e... me esqueci onde ficava o banheiro!
Me perdoe quando me esqueço das datas importantes, como os dos “relatives” da família, importantes, que nem sabem que eu existo!!
Me perdoe em precisar de tantos e de não ter ninguém por perto!
Sou apenas mais uma idosa...quem é que liga prá isso?
Bota no asilo!!
E se esquece disso, que o importante é ganhar dinheiro, ostentar riqueza... e prosperidade!
Vânitas vanitatem!
Eita mundo doido!
Me perdoe se, ao atravessar a rua, eu precise da ajuda de alguém! Meus olhos andam embaçados...já não vejo o mundo como ele é...
Me perdoe! Meus ouvidos não conseguem sequer ouvir os apitos dos guardas: pode passar ou não!...alguém me ajuda?!!...quem é que ama os IDOSOS?
Para finalizar, minha “ oração” termino assim: Deus queira que o poderoso Lula entenda a real situação do País, que saia do palanque...ou escolha outro!.

A Dilma...não tem história que a "marque" - o que foi que ela fez, até agora com os brasileiros?
ZERO.
E sou muito brasileira, me perdoe!




!





26 de novembro de 2009

A “Lei do Ato Médico”, infeliz de quem precisa deles!


Em nosso sistema, em que há filas, pessoas morrendo ali, nem sei o que pensar, sobre essa “Lei do Ato Médico”, mas fui investigar, lógico!

A “Lei do Ato Médico” foi aprovada na semana passada, na Câmara federal e ainda depende do Senado.

Que baita “corrente” que percebi, contra essa tal de “lei”, na internet!
Mas, quis saber dela e fiquei mais que confusa do que sou confusa, por natureza, mas, que seja!.
Não entendi é nada, sobre essa “lei”, que troca o psiquiatra pelo simples médico, que troca o “fisiatra” pelo simples médico...
E, por favor, me entendam: quando digo “simples médico”, não há demérito nisso. Ser médico, nunca é simples. Anos de estudo, anos de residência, etc. Simples médico se refere ao não especialista.

Os especialistas estão se sentindo vítimas de “lesa...especificidade” e a gritaria é geral. Não gostei do assunto da Lei, a conferir mordomias.
Cada um na sua especialidade, seria muito bom.
E, como fiquei na mesma, fui ler os comentários sobre essa lei, no Google.
Havia mais de 200 e, nenhum a favor da Lei do Ato Médico.
Bem, espero já ter confundido você e... que tal se mudássemos de assunto? Deixemos essa história de filas em hospitais, de remédios amargos (leu que desejam acabar com os “genéricos”?), de dores e de doenças...isso faz mal!
Eu tenho um Credo; “creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do céu e da terra. Creio que a mente seja a força poderosa colocada em nós, pelo Deus, que nos quer felizes!
A mente manda e comanda!
Creio que um ótimo Ato Médico seria o de recomendar, a todos: “A cada dia, sua mente deve ficar mais forte e conversar assim, com o seu físico, de qualquer idade: Olhe aqui, seu debilóide, eu lhe ordeno não doer em lugar nenhum, viu?”
Sabe que dá certo? E...custa experimentar?!
Nunca mais “como antes, neste país”, você sentirá pena de si mesmo, o “tadinho”, mas orgulho, sim!
E depois, o Natal vem aí! Época de festa, de amigo secreto e de presentes.
Faça uma lista deles. E presenteie-se com todos! A lista não precisa ter nada, se você reconhecer que já tem tudo. E que ama o que tem, sem estar à cata de ter o que ama.
Sabe meu amigo, há uma ligeira diferença entre o presente material, o físico e...o outro, o da mente: basta, a quem o ama, aquela luzinha acesa que mostra seu coração estar em casa! Coração feliz. É o melhor presente.


Bem...finalmente, podemos ou não falar mal dos políticos? É nosso dever vigiar, e criticar, sabia? Faz parte da cidadania. E, como sou pelo bom humor, hoje vou imitar o Zé Simão: E o megassucesso filme de vampiro “Lua Nova”? Diz que vão fazer uma versão 2010: “LULA NOVA”! Com a Dilma no papel da vampira. Filme de terror. E depois, lógico, virá o filme, não aquele adorado “Os dois filhos de José”, mas “Os filhos de FHC”, fora da cama dele. Quem diria! Sociólogo é assim: socializa aqui e ali!...e, quem é que precisa daquele “reprodutor” do PAIraguai?
Temos os nossos e...isto se chama auto-suficiência. Parabéns a nós!
Detesto vampiros, mas, que o Brasil precisa de sangue novo, não há dúvida!!

PEDIDO DE NATAL!

QUERIDO PAPAI NOEL!

ESSE ANO VOCE LEVOU O MEU CANTOR E DANCARINO PREFERIDO, MICHAEL JACKSON, MEU ATOR PREFERIDO PATRICK SWAYZE E A MINHA ATRIZ PREFERIDA FARRAH FAWCETT...

QUERO LEMBRAR A VOCÊ QUE O MEU POLÍTICO FAVORITO É O LULA, TÁ?
NÃO ESQUECE, HEIM!!!!!

24 de novembro de 2009

23 de novembro de 2009

CONFIE EM DEUS, MAS TRANQUE O CARRO


Esse texto muito significativo me chegou da amiga Helô Pavan, a quem agradeço.
Mike Tyson, segue na mídia: andou sendo entrevistado pela Oprah e fazendo um mea-culpa por uma vida inteira de desvios de comportamento. Isso me fez lembrar de quando ele foi acusado de estupro pela ex-miss Desiree Washington, em 1991. A moça havia entrado no quarto com ele, de madrugada e, ao que consta, desistiu de levar adiante a brincadeira.

Qualquer pessoa tem o direito de desistir do ato sexual na hora H e o parceiro tem o dever de respeitar a decisão, por mais fulo da vida que fique, mas deixar Mike Tyson fulo não é algo que uma pessoa de juízo arrisque. Na época, a escritora Camille Paglia disse que Tyson errou, logicamente, mas que a moça era uma idiota.

E justificou sua opinião dando o seguinte exemplo: se você estaciona seu carro numa rua escura e deixa a chave na ignição, não significa que ele possa ser roubado. Mas, se for, você foi um panaca. Essa história sempre me volta à cabeça quando começo a ouvir algum “ai de mim”, que é o mantra das vítimas. Fico prestando atenção na história e, quase sempre, descubro que o mártir deixou a chave na ignição.

São os casos de garotas que se deixam filmar nuas pelo namorado e depois descobrem que viraram as musas do YouTube, garotos que dirigem alcoolizados a 140 km/h e acordam no outro dia no hospital, ou artistas que vivem dando barraco em público e depois se queixam por serem perseguidos por paparazzi. Eles devem se perguntar, dramáticos: onde está Deus nessa hora, que não me ajuda?

Está ajudando a encontrar sobreviventes de um tsunami ou consolando quem tem um câncer em metástase, porque esses, sim, são vítimas genuínas: mesmo deixando seus carros bem trancados, foram surpreendidos pelo destino.

“Não há prêmio ou punição na vida, apenas consequências.” Não sei quem escreveu isso, mas está coberto de razão. Sorte e azar são responsáveis por uns 10% do nosso céu ou inferno, os 90% restantes são efeitos das nossas atitudes.

Vale para o trabalho, para o amor, para o convívio em família, para o dinheiro, para a saúde da mente e também do corpo. Reconheço que os governos não ajudam, que certas leis atrapalham, que a burocracia atravanca, que o cotidiano é cruel, e até as disfunções climáticas conspiram contra. Ainda assim, avançamos (prêmio) ou retrocedemos (punição) por mérito ou bananice nossos.

Então, tranque o carro numa rua escura e também dentro da sua garagem, não entre no quarto de um neanderthal se você não estiver bem certa do que deseja, não deixe uma vela acesa perto de uma janela aberta, pense duas vezes antes de mandar seu chefe para um lugar que você não gostaria de ir, não tenha em casa Doritos, Coca-Cola e Ouro Branco se estiver planejando perder uns quilos e lembre-se do que sua bisavó dizia:" regue as plantas, regue suas relações, regue seu futuro, porque sem cuidar, nada floresce".

E, por via das dúvidas, confie em Deus também, que mal não faz

Martha Medeiros

21 de novembro de 2009

Nem sei o que isso significa!

Mas tentarei saber!
É que recebi, de dois Drs, o reclamo sobre as injustiças da chamada "Lei do Médico".
Tentarei entender.
Agora, amigos, devo agradecer aos dois Drs., porque, de alguma forma ou fonte, eles fizeram e-mails a mim.
Isso é sinal de confiança! Não os decepcionarei.
Meu abraço, Daidy.

19 de novembro de 2009

Qual "o êmulo que move as pessoas"?

Sinceramente, amigos, não tenho a mínima idéia!
Sei dos "outros" êmulos,, - que não são os meus e nem os seus - e que só daqueles visam lucros, notoriedade, vaidosos que são!!
E quanto burlam!!
Burlam o quê, você que ainda tem dúvidas, perguntaria!
Burlam a dignidade do ser humano, quando a impunidade, vigente e oficializada, em nosso Brasil, em, desesperança quando "nunca , como antes", continua zanzando nos fundos dos rios, lotados de lama!
Burlam a "dignidade", sem a devida - e prometida - transparência...
Vou deixar a vocês, todos valiosos meus colaboradores, deixar que completem esse meu texto, com a opinião que tiverem!
Em "Nosso Blog", todos podem apitar, desde que se identiquem.
A favor ou contra.
E sabem...o nosso "povão simples" sempre "usado", anda me prestigiando, lendo muito meus blogs, embora não tenham, ainda, encontrado coragem em fazer algum comentário!!
Lógico que entendo isso! e lhes agradeço!
Agora, se me derem licença, vou cozinhar um bocado de "penne" , col grano duro e preparar-me um delicioso prato, col moglio alla bognolesa!
É uma delícia!!!
Delícia é o comer bem!!
Aprendi com meus avós, italianos e letonianos!
E...nenhum, nunca deles faleceu por "obesidade mórbida!"
Ou deu muito trabalho!
O exagero não faz parte de "minha famíla".

A exagerada sou eu, procurando motivos!
Qual o êmulo que move as pessoas, a se expressarem?

Continuo não tendo a mínima idéia! Caso você a tenha, me faça um e-mail:
daidypeterlevitz@hotmail.com












Hoje, 19 de novembro é, também, junto ao Dia da Bandeira, o Dia da Cosciência Negra.

Recebi, do dr. Adilson Marques, a homenagem que ele prestava e que emprestava aos amigos, o relato do sr. RG, um negro gay, médium e interessei-me, muito!
Só que o relato era longo, muito, muito longo, longo demais!
Uma vida era contada! reconheço-lhe a importância, mas, o tamanho estava muito fora dos padrões em que posto textos em meus blogs.
Mil perdões!
Como sei que...nada ocorre "por acaso", sinto-me feliz em tomar a "Bandeira da Cosciência Negra"!

Ao Pai, criador de todos nós, não há diferença entre as raças - que são apenas três: a branca, a negra e a amarela. As demais denominaçãoes se referem às etnias e nosso Brasil é mais que rico, nisso!
Já falei e repito: o Brasil é o único, no planeta, que tem um Coração Universal.
O que me entristece é lembrar que, na África, ao sair um "navio negreiro", havia ali um bispo ou cargo que o valha, a "abençoar" o desmanche das famílias...pai separado da esposa; mãe separada dos filhos, idosos abandonados... ninguém sabia onde é que iria parar e...já sem esperança em rever "os seus"...era dor...a dor que dilacerava os corações!
A força dos poderosos sobre os mais fracos... (abençoados os "fortes" pela Igreja que deles tirava seu imenso poder, junto às cortes).
Não importa muito se a Igreja pediu desculpas... todas as dores daquele período negro de nossa História...elas...elas já foram sentidas e não há como reverter esse fato!
Sempre foi assim e sempre o será, os poderosos "decidindo" a vida dos fracos.E dará certo, reconheçamos que em outros parâmetros, caso nós, continuemos a aceitar que...somos fracos!Fracos uma ova!
O desenvolvimento, o progresso do País, absolutamente não depende nem dos políticos e nem das leis! Depende, sim é de nós, formiguinhas brancas, amarelas, negras e das misturas todas...as etnias.
Depende, sim, da Educação que tenhamos, da Saúde em que possamos aliviar as dores e...da Segurança para que possamos fazer duas coisas: "Trabalhar em paz" e "Levarmos esse País" ao destino que, nós formiguinhas, lhe destinamos!
Somos todos brancos, amarelos, negros!
Somos iguais!
Esta é minha homenagem, Daidy.
Salve lindo pendão da esperança...salve símbolo augusto da paz!

Ao longo de nossa curta História, com várias mudanças, nossa Bandeira, a 19 de novembro de 1889 até junho de 1960, ostentava vinte e uma estrelas, representando os vinte Estados e mais o Distrito Federal. Daí até maio de 1968, vinte e duas estrelas, com a mudança da capital para Brasília e a criação de mais uma estrela, para o novo Estado da Guanabara. Daí a 11 de maio de 1992, vinte e três estrelas, uma adicionada ao Estado do Acre e, a partir de 1997, o Estado do Mato Grosso do Sul assumiu a representação da estrela do extinto Estado da Guanabara. Dali para cá, vinte e sete estrelas, acrescentando quatro para os Estados de Amapá, Roraima, Rondônia e Tocantins.
A letra do Hino à
Bandeira foi escrito por Olavo Bilac e a música composta por Franciso Braga. Ele foi apresentando pela primeira vez em 9 de novembro de 1906.

HINO À BANDEIRA
Salve lindo pendão da esperança! Salve símbolo augusto da paz! Tua nobre presença à lembrança A grandeza da
Pátria nos traz. Recebe o afeto que se encerra em nosso peito juvenil,Querido símbolo da terra, Da amada terra do Brasil! Em teu seio formoso retratas Este céu de puríssimo azul,A verdura sem par destas matas, E o esplendor do Cruzeiro do Sul. Recebe o afeto que se encerra Em nosso peito juvenil,Querido símbolo da terra, Da amada terra do Brasil! Contemplando o teu vulto sagrado, Compreendemos o nosso dever,E o Brasil por seus filhos amados, poderoso e feliz há de ser! Recebe o afeto que se encerra Em nosso peito juvenil,Querido símbolo da terra, Da amada terra do Brasil! Sobre a imensa Nação Brasileira, Nos momentos de festa ou de dor,Paira sempre sagrada bandeira Pavilhão da justiça e do amor!Recebe o afeto que se encerra Em nosso peito juvenil,Querido símbolo da terra, Da amada terra do Brasil!
Bem, amigos, já fiz minha parte cívica, que as escolas deixaram de fazer. Gosto das palavras proparoxítonas, - ou esdrúxulas, todas com acento na sílaba tônica. “Cívica” é assim, mas pelo bom humor, vou preferir a irmã feliz dela,“cômica”.
@ Apagão?? Não houve! Foi só unzinho mais, que,em 2008 foram 48 e já chegamos a 62! Uma vitória, sem dúvida.
@ Lógico que nosso presidente tem luz própria! Nós é que vivemos no escuro.
@ Bem, vai daqui, vai dali, nenhuma explicação sai. Além de raios, de trovões. O ministro das Minas já está sendo chamando de Edson Trovão...
@ E não é que li? FHC vai reconhecer um filho de 18 anos, feito fora da cama dele....escurinho!...
@ A culpa do “apagão” é do Zelaya, lá na Embaixada. Queria tomar um banho quente,puxou um “gato”e apagou o Brasil!
@ E, na casa do ministro Tarso Genro...só queimou o micro-ondas, então só foi um “micro acidente”!
@ Agora, a ministra Dilma elucidou tudo, perfeitamente, eu a admirei muito: “Eu não sei de nada!”
@ A penúltima é do Lula: “guerra púnica” é a da cumpanhera que faz muito
pum!
@Esta é do grande escritor,Oscar Wilde: “ O diabo é muito otimista se pensa que pode piorar os homens!”...provavelmente se referia aos políticos.

17 de novembro de 2009

Prá ser, de fato, amigo!

Cáspita! precisa ter muita paciência!
Precisa "entrar"no coração do outro, sentir-lhe todas as dificuldades, saber-lhe de todas as limitações, entender-lhe o ânimo de cada dia, que é sempre diferente, graças a Deus!
Prá ser, de fato, amigo, você tem que se lembrar dele, a cada dia, esteja ele na práia, no campo ou...no hospital!
Prá ser verdadeiro amigo, você não tem que olhar o físico!
O físico fica feio, com a idade! tudo se enrruga, tudo cai...uma verdadeira ofensa ao sentimento estético daqueles que só amam coisas bonitas!
Até eu, que sou mais burra, amo as coisas bonitas... porém, aprendi a ver outras "belezas", além daquelas que são passageiras!
"Amizade" é cantada em todos os idiomas...lembra-se? "Amigos para siempre é o que deveremos ser, na Primavera ou em qualquer outra estação...amigos para siempre...
E, depois, lógico que você não conhece, vem meu único ídolo, Sergio Endrigo, um gritante italiano, de voz meiga..."Io e la mia chitarra, siamo amici per la vita, passano ghi ani ed i giorni...sembrano tutti uguale...
Nada é igual , querido Sergio Endrigo! nem as lágrimas! E lhe devo confessar, verti muito delas, com o seu falecimento, mas... chorei muito mais, com a morte do meu cão amigo, o Zorro. Ele me era vizinho.
Um amigo perto.
E que me entendia, perfeitamente, estivesse eu bronqueada, de mau humor, cobrando soluções...lá estava o meu Zorro, sempre um amigo perto! E sem questionar nada!
Assim, queridos leitores do Nosso Blog... fui aprendendo a reconhecer o que é "um amigo de verdade!"
É complicado, confesso e me sinto orgulhosa, a cada vez que "dispenso um pretenso amigo".
Nunca tive vontade alguma, em "agradar a todos". Isso é para os políticos!
Em minha mão há cinco dedos, apenas, e irei à outra vida, feliz, se, em cada dedo, eu tiver um "amigo de verdade!"
Ando em busca de. É difícil e lhes recordo o grande escritor, Oscar Wilde: "O diabo é muito otimista, se pensa que pode piorar o homem!"
Daidy.



12 de novembro de 2009

Sou grato.
Taí, nisso eu não tinha pensado, ou melhor, esqueço sempre. Mas sempre é bom lembrar desta coisas que estão escritas aqui. Um abração do Valter Nei....

Sou grato(a)... À minha mulher,por dizer que teremos cachorro-quente ao jantar,porque ela está em casa comigo e não com algum outro não sei onde!
AO MEU MARIDO, esparramado no sofa como um purê de batata, porque ele está comigo e não em algum boteco...
À ADOLESCENTE LÁ DE CASA, que está reclamando por ter que lavar a louça, porque isso significa que está em casa, e não nas ruas....
PELAS BRONCAS DO CHEFE, POIS ISTO SIGNIFICA QUE ESTOU EMPREGADO... .
PELA BAGUNÇA QUE RESTOU DEPOIS DA FESTA PORQUE ISTO SIGNIFICA QUE ESTIVE RODEADO DE AMIGOS...
PELAS ROUPAS QUE ESTÃO FICANDO APERTADAS,PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE TENHO MAIS QUE O SUFICIENTE PARA COMER...
PELA MINHA SOMBRA QUE ME OBSERVA EM AÇÃO PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE ESTOU FORA, AO SOL...
PELA GRAMA QUE PRECISA SER CORTADA, PELAS JANELAS QUE PRECISAM SER LIMPAS E PELAS CALHAS QUE PRECISO CONSERTAR,PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE TENHO UMA CASA...
POR TODAS AS QUEIXAS QUE OUÇO CONTRA O GOVERNO PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE TEMOS LIBERDADE DE EXPRESSÃO...
PELA VAGA QUE ACHEI BEM NO FINAL DO ESTACIONAMENTO PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE POSSO CAMINHAR E QUE TENHO MEIO DE TRANSPORTE...
PELA CONTA MONSTRUOSA DE ENERGIA QUE PAGO PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE ESTOU SEMPRE CONFORTÁVEL...
PELA SENHORA DESAFINADA QUE CANTA ATRÁS DE MIM NA IGREJA PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE POSSO OUVIR...
PELA PILHA DE ROUPAS PARA LAVAR E PASSAR PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE TENHO ROUPA PARA VESTIR...
PELO CANSAÇO E MÚSCULOS DOLORIDOS AO FINAL DO DIAPORQUE ISSO SIGNIFICA QUE FUI CAPAZ DE DAR DURO O DIA INTEIRO...
PELO ALARME QUE DESLIGO PELA MANHÃ !PORQUE ISSO SIGNIFICA QUE CONTINUO VIVO...
E SOU GRATO PELOS ALOPRADOS QUE SÃO MEUS COLEGAS DE TRABALHO, PORQUE TORNAM O TRABALHO INTERESSANTE E DIVERTIDO...E, FINALMENTE, POR RECEBER E-MAILS DEMAIS, pois isso significa que um monte de amigos pensam em mim!!!
MANDE ISTO PARA QUEM VOCÊ GOSTA, COMO EU FIZ! Viva bem, ria sempre e ame com todo o seu coração! "Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela, mas há também aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol." ( Pablo Picasso )

Pois é, meu querido Nei!...aguardo seu comentário. Daidy.








Lançamento de livro.
Acabo de receber esse convite, da amiga Helô Pavan, a quem agradeço.
Serviço:
Data: 25 de novembro 2009
Local: Franc's Café Cambuí. à r.Conceição, n. 809, Cambuí, Campinas.
Horário: 19h30min às22h30min.
Parabéns à autora, Marina Becker!
A "Era da Pedra" não terminou...por falta de pedra!

Houve substituições no uso dela.
Povavelmnte, a "era do petróleo" terminará... sobrando petróleo. Não tenhamos, nele, a esperança de que será o remédio a todos os males dos brasileiros! sejamos objetivos, nada de paixões inspiradas pelo carisma, nada de "achômetro"!
Achômetro é mera opinião e...opinião é o mais baixo grau do conhecimento!
O amigo/amiga crê que, dos 220 países do planeta, tirando os 27 que são produtores de petróleo...os demais todos ficarão de "boca aberta" e inativos, a aguardarem a extração das imensas riquezas do pré-sal?!
Ledo engano.
Já há, no mundo, inúmeras tentativas à cata de matrizes energéticas não poluentes e sustentáveis!
Historicamente, tanto lá fora como no Brasil, outras "eras de riquezas" houve. Recordem o tempo da borracha, do açúcar, do cacau, do café, do ouro, etc e...na verdade, o povo simples, menos favorecido, comum...após todas essas "oportunidades"...continua o povo simples, menos favorecido, comum!
O povo comum não tem cartel, nem meios, nem safado o é, a ponto de se organizar de forma a render-se aquele tanto da riqueza nacional, que lhe caberia! Mas...nunca chega-lhe a vez!
Lá fora deve ser a mesma história, porém, neste meu imenso, querido, rico Brasil...há uma desgraça agasalhada entre os poderosos, que é a impunidade...sempre dando asas largas e cobertura à corrupção!
Não nos iludamos, mormente em ano pré-eleitoral. Tanto os do governo e base aliada, como os da oposição... logo vão tentar, novamente, colocar uma nesga de esperança no peito do povo comum...que é muito numeroso...representa muitos votos!
Saibamos peneirar tudo, via espírito crítico, via objetividade... e lembrar que o povo comum é, sempre, usado...até na definição da democracia: o poder emana do povo, e, em nome dele é exercido. Uma piada histórica!
Salvo raras exceções, chegado ao poder...o "cujo se sente poderoso" e..."o poder corrompe. O poder absoluto corrompe, absolutamente"!
O desejo de ter poder absoluto sempre transparece...até nas brincadeiras, quando um presidente adulador do chavismo (que prega a guerra!)... diz ao vice doente, José de Alencar: ...bem que poderíamos ficar por mais cinco anos, não?
Fato é, amigos, que, apesar da fanfarronice com que, diariamente, insistem em contar dos "grandiosos" feitos... (alguns os há, sem dúvida), apontem-me, por favor, se o povo comum, menos favorecido, simples, pode estar gozando de ótimo atendimento na saúde pública; que ele logo é atendido, sem filas, sem esperas longas, que não há desmáios nem falecimentos enquanto isso!
Apontem-me, também por favor, que o narcotráfico foi debelado, que nossas equipadas forças armadas desorganizaram o crime organizado! E, por favor...afirmem-me que o brasileiro pobre tem excelentes escolas, professores sábio e bem pagos...o analfabetismo ´s coisa vencida!!
Só assim, meus amigos, irei crer nas fanfarronices carismáticas e palanqueiras!!!

E, querira Deus nos ilumine a escolher bem a nova turma...que tenha o olhar a um Brasil novo
não assentado a desfrutar das riquesas, e que...lute de forma enérgica, a que parte do "fundo soberano" do pré-sal seja dedicado às pesquisas de novas matrizes energéticas verdes e sustentáveis...! só assim, não perderemos, mais uma vez, o bonde da História!
Lembremo-nos, sempre... A "era da pedra" não terminou por falta de...pedras!


10 de novembro de 2009

Nossos pêsames, desde já, às famílias de quem “precisa” dos Genéricos!
Daidy Peterlevitz
Antes do assunto, uma palavra minha. É ano pré eleitoral...muitas campanhas já estão por aí e, justo por esse motivo, meus textos aos jornais omitirão os partidos de alguns políticos que menciono e que, sempre, mereceram meu respeito, pela “ficha limpa”.
Somente lidaremos com os assuntos, com as idéias. É isso que professor-escritor deve fazer, menos em seu blog, claro.
Na quinta, 5, já em final de expediente, fiquei muito, muito preocupada, quando o senador Heráclito Fortes,do Piauí, denunciou, entendi assim, o fim dos “genéricos”!
De forma alguma isso pode ocorrer, mas esperei maiores informações e, só na segunda, 09, soube de alguns fatos lamentáveis que poderão piorar, ainda mais, a saúde pública, já na UTI!! Nem gostaria de mencionar as filas, doentes desmaiando, até morrendo, grávidas dando à luz em cadeira de corredor, hospitais sem médicos, hospitais com aparelhos de última geração...apodrecendo sem uso...remédios faltando, remédios encaixotados e já vencidos, remédios roubados e alhures vendido, uma verdadeira baderna institucionalizada aos menos favorecidos e – notem a ironia – depois da longa cobrança do CPMF, que era, justamente, à saúde, mas...pá daqui, pá de lá, desvia daqui, manda prá lá, bota no bolso, rouba lá, é o esboço de nossa saúde pública. Sem contar os erros médicos, de “profissionais deformados” por escolas sem qualidade...eu não quero falar sobre isso. Mas, nesse contexto, caso eu precisasse de dr., escolheria um de barba branca, porque, do restante, muito obrigada, sei morrer sozinha!
Nesse rolo, há, só para que fique claro,duas “digladiadoras, nesse palco”. Anvisa -, que é a Agência nacional de VIGILÂNCIA sanitária. (Não errei na maiúscula não! é para “vigiar” mesmo) e a tal de Inpi – Instituto nacional de PROPRIEDADE industrial (também não errei na maiúscula não! é ter “propriedade” mesmo), e lucrar muito com isso! Com o n.9.787, de 1999, ficou instituída a “Lei dos Genéricos”, que aumentava a VIGLÂNCIA e ela foi de autoria de José Serra , de S.Paulo, então ministro da Saúde. Verdadeira conquista aos pobres e (aos nem tanto, ninguém é besta em pagar mais !) no mesmo programa, a imensa vitória que o Brasil exibe, no trato à AIDS.
O Inpi é assim: .vai daqui vai prá colá, tudo deve ser muito lucro, ficou frustrado com “Os genéricos”e, desconfio, recebendo muita “grana de fora”, conquistou o nosso “desgoverno”, que decidiu assim: a “VIGILÂCIA não manda mais nada! ...
Só relembrando, eu pesquisei, das 1.346: de patentes de remédios, pelo Inpi, 161 foram barradas pela Anvisa, por irregularidades., e as 988 patentes confirmadas, quase que à...metade, sérias restrições foram feitas!

Á industria nacional, que gera empregos e renda ao povo.
Genéricos, nunca mais, a não ser que acordemos!Agora, as palavras do senador, médico Papaleo Paes, “ A mudança indica que o governo federal agiu em pró dos grandes conglomerados farmacêuticos multinacionais. Com uma só tacada, o governo Lula conseguiu atingir o povo brasileiro. De um lado, prejudicar o povo simples que precisa todo dia, de remédios e, de outro, desfere um duro golpe na indústria nacional, que gera emprego

e renda, ao povo .
Inda bem que pago a Unimd , inda bem que, na minha cabana, só tenho é picrato de butezin...costumo queimar-me, na cozinha!
daidypeterlevitz@hotmail.com






6 de novembro de 2009










Meu pé de Ipê branco! .....


É uma história bem antiga, quando eu era jovem mais...
Cerca de...uns 35 anos atrás!
Morava eu em Campinas, à r. Talvino Egídio de Souza Aranha, uma casa linda, reformada pela proprietária, de bom muito gosto!
Tudo era requinte, visse que coisa linda ! papel de parede, e lugar muito em que botar todas as tralhas! Até debaixo da escada!
E foi ali que vivi meus grandes dias, depois de ter saído de N.Odessa, onde quase que fui linchada, porque escrevia sobre os desmandos do poder atuante!
Continuo fazendo isso, Não tenho remédio e nem medo.!
Bem, tentando resumr, fui “aceita” numa escola bem lá perto e...logo percebi a roubalheira oficial que havia, entre uma corrupta diretora, se não me falha a memória, de nome Carolina e demais funcionários....tudo combinado...!, aliás, nada diferente de hoje! Denunciei, logico.
Mas eu era romântica e continuo sendo, graças a Deus!
Em frente à minha sala de aula, havia um pé de ipê branco, que me encantava! Eu queria imortalizar aquilo e, consegui!
“Convoquei a meu serviço“ todos os mais laborioso da família, e os Otsukas vieram todos!, a recolherem as sementes voadoras do Ipê!
Era branco, o nome certo é “Tabebuia Róseo Alba” .
Deu trabalho, meus amigos!
O meu ipê branco e, com muito amor, semeei todas as sementes, num quintal onde nem havia terra!! Fiz tudo direitinho e logo tudo ficou verde!!
Uma beleza!
Para resumir, há, hoje numa praça em S.Paulo, cujo nome não sei, cinco ipês brancos que florescem. O honorável Sr. Otsuka os plantou.
E, naquela antiga época, meu filho segundo, Giulio, estudante da USP, juro que não sei como o fez...mas o fez! Acabou plantando, justo em frente a Biblioteca da USP, três pés de ipê branco!
Eles florescem, todos e nem sempre tenho a oportunidade de ver isso... A amiga Mirna, que pôs água neles, sim.

Obrigada, Mirna querida!
Mas, conforma-me o fato de ter escrito livros, gerado filhos e de ter plantado ipês brancos!

Dizem que isso é ser HOMEM!
Dispenso e perdôo a ofensa!

E lembrem-se do nome certinho: é Tabebuia Róseo Alba!
O meu Ipê branco!
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::






3 de novembro de 2009

video
Lhes juro, amigos!

que tentei de tudo, para a postagem total da fala do senador Jarbas Vasncelos, no Senado, dias atrás!
Mas, não foi possível...ele me envia, pensando que sou inteligentee... seu discurso, em palavrass faladas!
Eu as conheço, todas (já é um vício), e queria diví-las com vcê!!
Mas...ainda meu professor de Blog não conseguiu -me fazer entender, isso!! Passar palavras, faladas, em textos!
Porém, lhes lembro que o o senador Jarbas Vasconcelos, do PMDB foi o último honesto, ao declarar aos jornais que... é a verdade, amigos!
..metade do PMBD... só está interessado em cargos dos governos...seja ele qual for!
Há quantos anos você não vê um candidato do PMDB.. ser candidato à presidência?!
Dexo a você pensar ao resto e verificar o quanto idiotas somos!
Meu abraço.





Prezada Daidy,

Agradeço sua manifestação de apoio ao meu discurso do último dia 28 de outubro no qual expressei o meu veemente descontentamento quanto aos abusos cometidos pelo Presidente Lula no que diz respeito à insustentável às eleições de 2010.
A sua mensagem de solidariedade é um estimulo para que continuemos a cobrar das maiores autoridades de nosso País uma postura minimamente ética. Esta mensagem torna-se ainda mais importante vindo de uma integrante de classe formadora de opiniões, como é a dos professores.
Para melhor entendimento do meu posicionamento, tomo a liberdade de encaminhar anexo o texto integral do discurso.
Cordialmente,
Jarbas Vasconcelos.


Cáspita, leitores! Ele é um senador!
E me responde, como seu fosse pessoa importante!
Na verdade, somos importantes, desde que saibamos eleger, mais inteligentemente!
O texto integral dele, virá depois de eu fazer meu grude!
Tenho, sempre, muita fome e...nem é de arroz e feijáo!
Meu abraço.
CNA VISITA EUA PARA CONHECER A POLÍTICA AGRÍCOLA DO SEU MAIOR CONCORRENTE NAS EXPORTAÇÕES AGROPECUÁRIAS

Washington DC (2.11) - A presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, está nos Estados Unidos, principal concorrente brasileiro no comércio de produtos agropecuários, juntamente com uma comitiva de lideranças rurais, para conhecer os instrumentos de política agrícola utilizados pelos produtores norte-americanos. "Brasil e Estados Unidos são os dois maiores gigantes da exportação agrícola, mas impressiona a agilidade e a capilaridade da estrutura dos instrumentos de política agrícola que atendem ao setor nos EUA", disse a senadora após visitar o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).
A comitiva brasileira pode observar que a política agrícola norte-americana e, especialmente, os programas de suporte de preço são estabelecidos pelo sistema político, com menor participação da esfera burocrática. Um bom exemplo, descrito por Carol Goodloe, economista senior do Departamento de Economia do USDA, é a definição dos níveis dos preços de sustentação dos produtos agrícolas, feita com base em negociação política no Congresso, onde também é decidido o orçamento que dará suporte a estas despesas. No Brasil, os preços mínimos são estabelecidos por meio de uma compilação de planilhas de custo na esfera burocrática. "É por esse motivo que os preços mínimos são uma ficção no Brasil, pois não têm orçamento para sustentá-los na prática", diz a presidente da CNA.
Outro aspecto que chamou a atenção da delegação brasileira é o fato da política agrícola não ser um instrumento universal para todos os produtores norte-americanos. Cada agricultor faz um contrato de adesão aos diversos programas de suporte de preço, de seguro agrícola e de preservação ambiental, entre outros, oferecidos pelo governo dos Estados Unidos, pelos quais ele assume compromissos de produção em troca desta rede de segurança.
As agências locais de extensão agrícola monitoram individualmente o cumprimento dos contratos com os produtores norte-americanos. Caso o preço de mercado observado por essas agências fique abaixo do preço mínimo, o produtor recebe a diferença entre o preço de mercado e o "preço de referência". Atualmente, o produtor pode se cadastrar por meio de formulário eletrônico, o que lhe garante maior rapidez na realização do contrato. "No Brasil, nos temos leis que asseguram o preço mínimo de forma generalizada, a todos os produtores, mas na realidade eles nao podem planejar quando poderao utilizar esse instrumento e se efetivamente conseguirao utilizá-lo", afirma a presidente da CNA.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
São Carlos, São Paulo, Brazil
Daidy Peterlevitz é aposentada, com qualificação para lecionar desde a pré-escola ao Colegial (Matemática e Física).Tem trabalhos publicados na Antologia “A Pena e a Lua”, da APEBS - Associação dos poetas e escritores da Baixada Santista.É autora dos livros As Duas Faces da Mesma Moeda e Quatro Bruxas no Elevador, lançado na Bienal do Livro, em S.Paulo. É autora do projeto DEMBLI, que facilita a circulação de livros, em escolas sem bibliotecárias. Trabalha em seu projeto no qual afirma que o bebê pode e deve aprender a ler. Também fez parte do antigo "SEROP" que funcionava no G.E Oswaldo Cruz, em São Paulo, sob a direção do sr.Jocelyn Pontes Gestal. Era orientadora de Ciências. O grupo, estudava a filosofia e a pedagogia de mestres, preparava apostilas, ia à inúmeras escolas, em S.Paulo e arredores, levando orientação diretamente aos professores ou,se distante como Sta. Izabel, aos diretores, que as passavam aos professores. Atualmente, escreve para seis jornais e, a todos agradece pelo espaço cedido.

Arquivo do blog